Páginas

Pena de morte e resolução por meio da educação // Posicionamentos

Depois de anos luz volto ao blog com a seguinte postagem

Pena de morte e sistema carcerário
Gabriel Sanpêra


De acordo com Pena de morte ou pena capital é um processo legal pelo qual uma pessoa é morta pelo Estado como punição por um crime por ela cometido. A decisão judicial que condena alguém à morte é denominada sentença de morte, enquanto que o processo que leva à morte é denominado execução .
O tema tem causado diversos debates e população tem opinião dividida quanto ao tema, isso normal em m país laico onde as diversidades são aceitas e a cada dia aumentam.
Porém até quando a execução de uma vida resolveria o problema de forma geral ? Um exemplo disso é, se alguém é visto desperdiçando água por lavar o carro três vezes por dia, a execução do sujeito eliminaria de vez o problema com a água. É nesse ponto que pretendo chegar, e países como Indonésia foram responsáveis pela execução de brasileiro no ano passado.
O infográfo abaixo mostra os países que mais executam presos em 2010, percebam que a China ocupa o primeiro lugar do ranking.



O estranho é ver países membros do G20 e Nações Unidas realizarem a aplicação da pena de morte, acredito que em tais países a moral para debater direitos humanos é zero . Pois os mesmos países que lutam para cumprimento dos direitos humanos realizam a execução de tais.
É importante entender que a pena de morte não dá ao sujeito executado o castigo pleno pelo crime cometido, o certo seria fazer com que pagasse diariamente  pelo seu crime e não de forma imediata como a morte.
Em nosso país o tema vem sido discutido e sabemos que não é possível implantar o sistema aqui pois antes de discutirmos a pena de morte temos de pensar em uma reforma carcerária no Brasil, aumentando a capacidade dos presídios e sua segurança impedindo que os criminosos continuem comandando seus grupos mesmo dentro da prisão, o que é muito indignante .
Atualmente jovens estudantes e cidadãos de baixa renda  são presos de forma injusta pela polícia, podemos pensar que uma hora ou outra um inocente seria sentenciado a pena de morte e sua inocência só seria descoberta com seu caixão fechado .
É muito importante debater o tema e entender que em nosso país esse sistema não funcionaria, importante entender que devemos lutar por uma educação melhor por exemplo. E isto é comprovado, que em países onde a educação é desenvolvida existem índices menores de homicídios e outros crimes, e novamente é comprovado que a educação é uma das milhares soluções de mais um ''tabu '' que está prestes a ser morto em cadeira elétrica.






Nenhum comentário: